Olhos Azuis

Olhos Azuis é um daqueles filmes que não dá pra ter muita certeza do que se esperar, mas que no final dá aquela surpresa de ter assistido a um bom filme.

A trama é dividida em dois momentos diferentes da vida de Marshall, o chefe do Departamento de Imigração do aeroporto JFK nos Estados Unidos, que no seu último dia de trabalho resolve dificultar a entrada dos imigrantes nos Estados Unidos. O primeiro momento o mostra como autoridade máxima do ambiente. Já o segundo mostra ele no Brasil sendo ajudado por uma prostituta em sua jornada atrás de uma menina.

A trama vai se desenrola mostrando os dois momentos de Marshall de forma paralela, construindo um personagem ao mesmo tempo em que o destrói, mostrando como ele afeta a vida das pessoas, e como ele afeta a vida dos que estão ao seu redor. Uma hora ele é mostrado como o poderoso da situação definindo a vida das pessoas e outra ele é simplesmente um bêbado precisando da ajuda de pessoas normalmente ele trataria com desdém.

Fora o drama pessoal de Marshall, o filme conta muito bem a odisséia dos estrangeiros q tentam a vida nos Estados Unidos, mostrando um Brasileiro, uma Cubana, um casal de Argentinos e um grupo marcial Hondurenho, sofrendo abusos morais por parte dos funcionários da imigração.

Ao final de tudo o filme faz muito bem aquilo que ele se propôs a fazer mostrando uma pessoa que um dia esteve lá em cima, lutando contra seus demônios, tentando pagar seus pecados em buscar de redenção.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s