O Golpista do Ano

O filme é  baseado em fatos, mas é difícil acreditar que tudo aquilo aconteceu realmente. Não sei se por mérito de Steven Russell, que planejou fugas espetaculares e inacreditáveis, ou se por falha do filme, que faz parecer toda a história inverossímil demais. Outro ponto fraco do filme é o Jim Carrey no papel de Steven Russell, que com seu estilo de atuação espalhafatosa tira o foco da história do golpista.

E mais uma vez temos o ator Rodrigo Santoro em um filme hollywoodiano. Desta vez fazendo o papel do primeiro namorado do Jim Carrey, e mais uma vez seu papel se restringe a poucas cenas, que não convencem muito. Já Ewan McGregor até que sai bem no papel de Phillip Morris. Nada de tão especial, mas ele se sobressai entre os outros atores.

O roteiro é a maior falha do filme, tentando ser uma comédia e um drama ao mesmo tempo não consegue convencer como nenhum dos dois, tendo poucas cenas em que se consegue uma risada mais empolgada. O ideal mesmo era o filme ter assumido o papel de um drama e ter explorado todo seu potencial.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s